Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > “O Alambari” completa 68 anos
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

“O Alambari” completa 68 anos

  • Publicado: Terça, 11 de Mai de 2021, 19h59
  • Última atualização em Sexta, 14 de Mai de 2021, 14h30

Tudo começou em 12 de maio de 1953. A primeira edição do informativo “O Alambari” abriu um novo capítulo na história da Academia Militar das Agulhas Negras (AMAN), que poucos anos antes havia se instalado em Resende- RJ.

Uma majestosa Academia merece ter suas atividades informadas à família militar e ao público externo.

As primeiras edições, produzidas na máquina de escrever, já traziam o dinamismo de uma instituição comprometida com a sua missão:  formar oficiais combatentes de carreira do Exército Brasileiro.

Iniciou com um convite inusitado. Os organizadores pediram aos leitores que escolhessem um título para o informativo. E assim foi feito. O Alambari é o nome do rio que banha Resende.   Desde a sua nascente, no Parque Nacional do Itatiaia, soma 15 km de extensão.  

Desde a origem da publicação, os valores dessa ferramenta são os mesmos. O objetivo também: informar as atividades realizadas na instituição e possibilitar ao público externo a divulgação de seus anúncios de compra e venda e utilidade pública.

Houve um longo tempo de edições impressas, mas a tecnologia chegou e as cópias físicas deram lugar ao digital. Agora o informativo é on-line. Chega ao seu público numa velocidade ainda maior, com a conectividade que se torna uma aliada.

Nessas quase sete décadas de existência, o respeito e o prazer para com os leitores foram sentimentos que se fortaleceram. Afinal, eles nos relatam tamanho prestígio ao receberem sua edição na caixa de e-mail e/ou pelos grupos de redes sociais. Prova disso, são os relatos registrados na seção de depoimentos. Confira um deles.

“O Alambari retrata, há 68 anos e com muita qualidade, as atividades acadêmicas sempre exitosas da AMAN e o desenvolvimento de capacidades e competências imprescindíveis ao pleno cumprimento da missão constitucional do Exército. O Brasil, que detém estatura político-estratégica global ímpar, requer transformação contínua dos parâmetros educacionais.  Pessoas e uma consagrada Gestão do Conhecimento são, então, mobilizadas na Academia. Alinham-se valores cidadãos, uma diversidade de brasileiros de bem, o saber contemporâneo, o idealismo, uma inabalável atenção aos deveres e respeito ao Estado Democrático de Direito”, Coronel Sérgio Mattos.  

O Alambari segue fortalecido pelo comprometimento de todos os homens e mulheres que desenham novas histórias nessa casa de valores.

E se a tecnologia ajuda, recorremos à ela para mostrar que segue robustecido o engajamento do público com o informativo.  De maneira geral, há mais de 20 mil acessos no site em que estão disponibilizadas as edições. Em média, há de 100 a 200 cliques em cada exemplar. Pelo e-mail, dezenas de militares da reserva e demais públicos também recebem as novidades. 

Quer saber como anunciar? Quer saber como acompanhar? Quer saber mais desse importante veículo de comunicação da Academia? Acesse AQUI .

registrado em:
Fim do conteúdo da página