Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Corpo de Cadetes > Ações do Curso de Infantaria na Operação Ofensiva

Notícias

Ações do Curso de Infantaria na Operação Ofensiva

publicado: 29/06/2017 15h19 última modificação: 29/06/2017 15h19

                   Tendo em vista preparar os futuros Oficiais de Infantaria para as peculiaridades do combate moderno, que tem como características a elevada mobilidade, a mudança constante no cenário do conflito e as operações em ambiente humanizado, o Curso de Infantaria executou um exercício em que todas essas variáveis estavam presentes para o melhor entendimento da guerra atual.

                    O exercício de Operações Ofensivas, realizado em 2017, iniciou com a ocupação de uma Zona de Reunião na região de Porto Real, onde foram realizadas as ordens, os ensaios e os preparativos para o ataque.

                    No dia 20 de junho, foi realizada a infiltração aeromóvel da 3ª Companhia de Fuzileiros, apoiada pelos 1º e 2º Batalhões de Aviação do Exército, utilizando uma aeronave HM-4 (Jaguar), uma aeronave HM-1 (Pantera) e uma aeronave HA-1 (Fennec), para atacar um dos flancos do inimigo, atraindo sua reserva, o que permitiu a ação principal subsequente.

                    Já no dia 21 de junho, foi realizado o ataque à posição defensiva inimiga pela 2ª Companhia de Fuzileiros, apoiado por cadetes do Curso de Engenharia provendo a mobilidade da tropa na transposição de obstáculos lançados na posição defensiva inimiga, por cadetes do Curso de Comunicações, apoiando as atividades de comando e controle e por cadetes do Curso de Artilharia, executando o apoio de fogo à manobra. Após a conquista dos objetivos, o 84º BI planejou e executou o isolamento da localidade de São Caetano e realizou o investimento na mesma, precedido de um transporte aeromóvel.

                    O exercício contribuiu sobremaneira para a consolidação do conhecimento doutrinário, a integração com outras armas e o aprimoramento técnico-profissional dos discípulos do Brigadeiro Sampaio.